top of page

O homem na Arena

Atualizado: 16 de mar.





Não é o crítico que importa


Nem aquele que aponta quando o outro tropeça


Nem aquele que diz que o outro devia ter agido diferente


O mérito é do homem na arena


Aquele com o rosto sujo de poeira, suor e sangue


Que se empenha, que erra


Que fracassa, uma, duas, três, quatro vezes.


Aquele que, no final, embora conheça o triunfo da vitória pode até fracassar, mas se


arriscando a ser imperfeito.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page